Arquivo mensal: junho 2014

Quero Rock! Site interativo para bandas nacionais

Padrão

Site muito interessante, de busca e avaliação de bandas nacionais, a partir de nosso gosto musical. Recomendado para curte ouvir sons novos, e gosta de uma boa diversão. Vi numa atualização de status da banda Sexplose, de Guarapuava.

http://querorock.com/

Anúncios

Ian Paice, batera do Deep Purple, 66 anos hoje

Padrão

Único membro fundador da band Deep Purple ainda na ativa com o grupo, o baterista Ian Paice completa 66 anos de vida e muito rock´n´roll. Influência para zilhões de bateras mundo afora, é instrumentista de uma banda que se notabilizou pela excelência técnica. Tocou também em alguns discos do Whitesnake. Confira abaixo três solos de períodos distintos deste GÊNIO das baquetas 😀

 

Hoje é dia de Copa, bebê!

Padrão

O clima hoje é de Copa do Mundo! Para muitos, a competição começa agora, no mata-mata, pois a tensão aumenta muito. Historicamente, o Chile é freguês do Brasil, em Copas do Mundo. Nas três vezes em que se enfrentaram, a Seleção Canarinho goleou. Mas gostaria de relembrar um jogo realizado em 1989, pelas Eliminatórias da Copa de 90. Era o jogo de ida, lá no Chile, e a peleja foi extremamente dramática. Literalmente, uma guerra, como se pode ver na matéria abaixo:

 

Citação

Quando tem cachê é natural a parceiragem! Quando não tem, também é! Comigo sempre foi assim e sempre será… Desde shows com bandas de parentes em associação de moradores, talkshows com Carlos Maltz capitais afora, bandas novatas e escoladas no PrasBandas, TUC, SESC, Viva o Verão, festas em chácaras sob a lua cheia, bares com shows de samba à rap, etc. Sabem por que? Porque não cobro % em cima de ninguém e não sou atravessador – não me atravesso na arte e nem na curadoria de ninguém. Incentivo a todos se manifestarem porque a arte é transformadora, sagrada e penso que quando tem dividimos e quando não somamos. Obrigado a todos que fizeram da tarde de ontem e em outras tardes também um belo espetáculo (tão belo quanto esse pôr de sol) de consciência artística e social no stand do MinC na programação do Sarau Popular. Nem só de poder, sorriso, fama e grana vive o homem! #FIFAFanFest

Texto de Getúlio Guerra, coordenador da Associação PrasBandas, de Curitiba. Assino embaixo!

https://www.facebook.com/pages/Associa%C3%A7%C3%A3o-PrasBandas/115059518572780

Quando tem cach…

Humberto Gessinger em Guarapuava

Imagem
Humberto Gessinger em Guarapuava

Pois é, o eterno Engenheiro do Hawaii retorna à cidade de Guarapuava, agora em carreira-solo.

 

10436208_264979503708959_8554501814287669857_n

 

Confesso que desconheço a atual repertório e não sei se cantará algo das antigas. Mas no Youtube é possível ouvir o álbum Insular, de 2013, na íntegra. E parece interessante. Confira

 

Maquinária

Padrão

Maquinária é uma banda guarapuavana das antigas. Formada em 1989, faz um som bem BRock, e tem pelo menos dois clips oficiais no Youtube. Um deles é esse que você confere aí abaixo:

O grupo é formado por Adriano Ribeiro (baixo), Osni Santos (voz e guitarra) e Júnior Batista (bateria).

Produção musical: Heaven Kuster Studio
Vídeo clipe: MidiUp Criações

Acompanhe a banda no Facebbok:

https://www.facebook.com/bandamaquinaria

Sobre música guarapuavana

Padrão

Bem, eu não sou músico. Sou bibliotecário, atuo na Unicentro (campus Cedeteg) de Guarapuava, mas adoro música. Mais que tudo, talvez. E, embora esteja morando há 11 anos em Gorpa, prestei pouca atenção à música realizada aqui. Nos meus primeiros anos na cidade, até acompanhei mais, e cheguei a projetar uma rádio comunitária com um amigo de Laranjeiras, que visava justamente divulgar sons locais. Esbarramos em falta de grana e política, naturalmente. Na verdade, não sou o único a dar pouca atenção aos músicos locais. Não vejo as rádios dando a atenção devida. Talvez esteja enganado. Praticamente não ouço rádio. Mas é minha impressão. Se estiver enganado, ótimo. De qualquer forma, o que noto, nessa minha retomada à cena guarapuavana, especialmente pop/rock/metal, é que há muita qualidade por aí. Mas muita mesmo! O que me surpreende é perceber que há tanto lixo musical rondando a mídia, quando há tantos bons músicos em todo canto, só esperando por uma chance de aparecer um pouco mais, de ter seus shows lotados e seus discos devidamente divulgados… vida de músico nunca foi fácil. É uma luta constante. Mas, quando a “cena” se une, coisas boas podem acontecer. E tenho percebido que Guarapuava está se abrindo para a música local com mais força do que nunca. E, nessa conjuntura, toda ajuda é válida, ainda mais com iniciativas fortes, como as que verificamos de uns tempos para cá. Bandas locais tocando na Virada Cultural, o projeto Tardes Musicais no Lago, ou ainda os eventos roqueiros trazidos pela Pallco Produções. Isso tudo forma um amálgama cultural simplesmente fantástico e empolgante!

Acompanhem o blog! Divulgação, notícias, resenhas, fotos, bastidores… a música não pode parar! 😀