Arquivo da tag: 350ml

Série Minha Canção Favorita, de Gorpa e Região – parte 2

Padrão

Daê, povo!

Dando sequência aos depoimentos da galera, apresentamos a segunda parte da série de artigos com depoimentos sobre as músicas mais queridas de Gorpa e região. A primeira parte foi um sucesso, muita gente acessou, os vídeos, em torno de 30 pessoas enviaram depoimentos, e esperamos aumentar esses números agora, divulgando mais 5 canções essa semana.

Como podemos conferir abaixo, a Ultra Violent recebe sua primeira citação. Temos citações também à stoner Disaster Boots (pela segunda vez), à psicodélica A Trupe do Disco Voador, à brutal Open Scars e à tradicional 350ml. É notável a dificuldade em escolher apenas uma dentre tantas excelentes músicas (sem demagogia alguma. Quem manja minimamente de música percebe que qualidade é o que não falta em nossa cena). Alguns até pediram para mandar mais de uma música. Liberado. Quem quiser citar duas ou três, tá valendo também. Até mais, se a dúvida persistir ehehe. Bora conferir?

RODRIGO KEEPER (Professor de inglês e fanático por Heavy Metal)

Música: EMINENT
Banda: ULTRA VIOLENT
Palavras: É uma música que acho perfeita, peso, melodia, refrão marcante, fica ótima ao vivo, tenho ela no meu MP3 e curto com a mesma frequência de bandas mundialmente conhecidas, como Trivium, Caliban, In Flames, etc…
ao vivo, sempre garanto um lugar na frente do palco pra curtir e cantar junto, essa música tem muita energia,
mas bem sinceramente, agora que peguei os dois últimos CDs do Guarapuava Rock City, é notável o alto nível das bandas locais. Tem muita banda e músicas que adoro escutar, estão todos de parabéns.
Clique aqui para ouvir a versão de estúdio.

RAFAEL PELETE (Baterista da Ultra Violent)

Música: VENUS IN FURS
Banda: DISASTER BOOTS

São tantas bandas fodas!! Admiro muito o trabalho da galera de nossa cidade, mais a que eu mais me surpreendi foi com a Venus In Furs, do Disaster Boots. Foi a música que eu viciei, tive que baixar no pen-drive e no celular, porque não conseguia parar de escutar! Muito boa!!

DINIZ, EL CUERVO (Vocalista e baixista da Stone Crow)

Música: CANÇÃO NADA CONVENCIONAL
Banda: A TRUPE DO DISCO VOADOR
Palavras: Uma música que eu gosto muito é a Canção Nada Convencional, escrita pela carismática Trupe Do disco Voador. Essa música é daquelas que não conseguimos deixar passar em branco nem nos concertos acústicos improvisados hahahahaha!
Clique AQUI para ouvir.

11133714_468636509956942_8181463056152211752_n

LUCAS REMES NUNES (Guitarrista da Inception e da Slug Killer)

Música: I SHIT FOR RELIGION
Banda: OPEN SCARS
Palavras: Escolho a música I Shit For Religion, dos caras do Open Scars, já que é de uma das bandas da cidade que faz um som na linha do que costumo ouvir; além de tratar de um tema polêmico, o som é violento pra caralho, as linhas de guitarra e baixo são pancada nos miolos, a batera não fica atrás, e o vocal, como dizem, parece de um urso fumante. Recomendo para quem curte brutal death metal sem frescura.
Clique aqui para ouvir a versão de estúdio.

ALEX FERRERA (vocalista da Sexplose)

Música: QUERIDA MAMÃE
Banda: 350ML
Palavras: Música com uma ótima sonoridade, refrão marcante e que traz uma coisa nova para o rock nacional. Não podemos esquecer também da ótima produção musical, dirigida por Ricardo Küster, vocalista e guitarrista da banda. O Rock nacional não está morto ele apenas espera que os vivos acordem para procurar pelo o que há de novo.

Isso aí, galera! Parte 2 concluída. Temos material para pelo menos mais 3 semanas. Portanto, quem ainda não mandou seu depoimento, mas quer participar da brincadeira, dá tempo de pensar com calma em sua música favorita! 😀

Abraço, povo!

Anúncios

Planos das bandas Rock City para 2015

Padrão

Saudações

Não, esse post não trata do Rock City, o festival. Eu não estive lá, portanto, não posso falar (do que não vi). Óbvio, né? Isto posto, quero falar um pouco sobre as bandas presentes no já tradicional festival, em sua quinta edição. É um evento importante, que reúne algumas ótimas bandas da cidade. Bom para o público, que entra quase de graça (quilo de alimento como ingresso), e bom para as bandas presentes, pois participam da coletânea relacionada ao evento (embora não seja exatamente barato gravar a faixa, uma situação pitoresca onde a banda paga para tocar, mas isso é outra história. Atualizando: farei um post sobre a Heaven Studio, promotora do Rock City, a pedido do Alessandro Küster, abordando a visão deles sobre o tema. Em breve). Outro lado positivo é o incentivo ao trabalho autoral. Isso é importantíssimo em meio à overdose de bandas cover que temos por aí. Mais relevante ainda, claro, foi a arrecadação de uma tonelada e meia de alimentos, entregues à Provopar. Este é o legado mais importante, sem dúvida.

Além do tradicional Rock City, a Gorpa atual conta com o Maquinária Rock Field e o Mobiliza (esperamos que haja a segunda edição em breve), além dos eventos organizados no Serv Car (os reis da cerveja ruim), que sempre apresentam bandas bem novas. Algumas ótimas revelações, e outras, empulhações execráveis. Enfim, vale a tentativa e o amor pelo roquenrou, né? Não dá pra saber se o cara é bom de palco, se ele nunca subiu em um. Entre ovos e tomates, todos acabam vivos e bêbados, e o objetivo é esse mesmo: diversão! E novos eventos não faltam. Tivemos o Solobonight recentemente, e no domingo, 26 de abril, rola o Rock Falido (na verdade, enquanto escrevo este artigo).

Bem, mas vamos falar das bandas que passaram pela quinta edição do ROCK CITY! Aproveitando, você pode ouvir a coletânea aqui no Soundcloud.

Bem, vamos às bandas!

ROCK REVIVE

Tem previsão para lançamento de um disco em  meados de novembro. No momento, as músicas estão em processo de composição. Estúdio, só daqui alguns meses. Mas a banda acaba de lançar um vídeo clipe para a música “Power Pray”. Confira aqui.

PRIME REVENGE

Não consegui contato com a banda, mas seu primeiro EP (Shades of Pain) pode ser ouvido neste link. O novo single, Hey Man, faz parte da coletânea do V Rock City. Ótimo som. Confira aqui, que vale a pena.

NEANDERDOGS

Outra banda com quem não conversei ainda. Por enquanto, fiquem com a música selecionada para o disco do evento, aqui.

DZARMY

A banda está na ativa há 13 anos, e conta com dois discos lançados. Colocou dois singles na área nos últimos dois anos também, e está trabalhando no terceiro álbum full, que talvez venha a ser um disco conceitual (uma ideia muito interessante, diga-se). As letras estão praticamente prontas, bem como algumas melodias. O material pode ser lançado ainda esse ano, mas creio que a tendência é que fique para o primeiro semestre de 2016.

350ML

Com dois discos (e alguns singles), a banda prepara o lançamento de seu terceiro álbum. Falta finalizar a mixagem de 4 faixas apenas. O disco terá 12 músicas, e será lançado nos formatos físico e digital (iTunes, por exemplo). Deve rolar no segundo semestre. Para quem não ouviu os primeiros discos da banda, é possível conferir no Soundcloud. A música escolhida para a coletânea do festival é uma parceria com a holandesa Wick Bambix, fundadora da banda Bambix, nomeada My Alibi, um punk rock vigoroso, com guitarras marcantes e melodias grudentas. Vai por mim: coloque no volume máximo e sinta a sonzeira.

SATISFIRE

Intenções: lançamento do segundo disco full, além de um vídeo clipe. Deve rolar mais para o fim do ano (eventualmente, 2016). A banda lançou seu primeiro álbum lá em 2008, e um EP no ano passado. É uma banda de inegável criatividade musical.

FUTHÄRK

A banda é relativamente nova, e os planos são seguir fazendo shows e gravar alguns singles, até ter material suficiente para um EP. Ainda sem previsão de lançamentos (é mais provável que role algumas coisa em 2016). O show deles é muito bom, e o grupo já tem um público fiel.

ULTRA VIOLENT

Sem planos para lançamentos, no momento. A banda é figurinha carimbada no rock local, tem um público fiel, e já lançou alguns singles. Falta o disco, agora, né, Rocha? ehe

DISASTER BOOTS

A Disaster é uma banda bastante ativa, tocando com certa frequência, e é alvo de muitos elogios. Tem uma sonoridade personalíssima, um ótimo vocalista, um instrumental foda, e uma identidade própria. Das melhores de nossa cena, hoje, certamente. Com 2 singles lançados, a proposta é concluir mais 8 faixas para fechar em 10 para um disco. As gravações devem ficar para o segundo semestre. Talvez o disco não nasça ainda em 2015, mas creio que há boas chances para o primeiro semestre de 2016. Ouça aqui a song Mr. Lakeman.

D KRAUZ

Daniele Krauz Lançou o EP Insight, no ano passado, apenas em formato digital, e trabalha na composição de músicas para um disco full. Serão 12 faixas, ao estilo das que já foram lançadas. A banda é tecnicamente muito afiada, contando com ótimos músicos. As letras também serão na mesma (autoavaliação, crescimento, força e amor). A ideia é lançar ainda esse ano, em formato físico. Vamos aguardar. Acredito que se conseguir estabilizar a formação, vai longe.

THE EMPIRE RISE

Também não consegui contatar esta banda ainda, mas uma das músicas tocadas no evento, Waiting For The End, fará parte do primeiro EP da banda, a ser lançado em breve.

BAGRE VÉIO

A banda pretende lançar talvez mais duas músicas esse ano. O EP sairá quando tiver umas quatro prontas, mas não há previsão de lançamento ainda. Confira o primeiro single da banda aqui.

KINGARGOOLAS

Estava na programação, mas por compromissos firmados anteriormente, não pôde se apresentar. Porém, lança em breve seu segundo disco FULL. Além disso, já foi lançada a  coletânea “Weirdo Fervo! – Bizarre wild trash garage surf & primitive rock compilation”, que conta com songs de bandas bizarras como  O Lendário Chucrobillyman, Movie Star Trash, Horror Deluxe, Strato Feelings, Reverendo Frankenstein, Mauk e os Cadillacs Malditos, além da faixa “Fórceps Poseidon”, dos Kingargoolas. Detalhe: EM VINIL! Quem quiser adquirir, é só entrar em contato com a banda.

De momento, é isso. Atualizações em breve! Abraço, tudo de bom e mantenham a fé na estrada ehehe.

350ml

Padrão

350ml – CONTEÚDO ENERGÉTICO DO ROCK NACIONAL!

1385107_669645629737406_6143819199733203586_n
Saudações, galera! Hoje, aproveitando a proximidade do show dos Raimundos, vou tecer uns comentários sobre uma das bandas mais conhecidas e tradicionais de Gorpa, que é a 350ml (que fará a abertura do evento), um grupo que conquistou uma boa base de fãs e que trabalha forte na área da música, sem esmorecer, e está muito bem estabelecida. Conhece o caminho das pedras. De acordo com o release da própria banda, “há 10 anos a amizade e as afinidades musicais levaram Cristiane , Ricardo e Miguel a formar a banda 350ml”. Fundada, portanto, em idos de 2003, com dois discos gravados, e que hoje, composta por músicos paranaenses (tudo “bicho do Paraná”, como dizia aquela antiga música…) conta com a seguinte formação:

Ricardo Küster: Vocal e guitarra
Cris Pawlowski: Guitarra
Edu Veríssimo: Baixo
Nando Campos: Bateria

A 350ml conquistou em pouco tempo seu espaço no cenário independente e se destaca como uma das bandas paranaenses mais ativas. Já se apresentou nas principais cidades do Paraná, Rio Grande do Sul e no estado de São Paulo, na lendária casa de Shows Hangar 110 (bem conhecida da galera punk e hardcore – em atividade desde outubro 1998, apresentava apenas atrações nacionais, mas logo abriu o local para a vinda de grandes nomes internacionais do gênero. Marco Badin, o responsável pela casa, também abre o espaço para novas bandas). A banda guarapuavana já dividiu o palco com diversas bandas consagradas, como as brazucas Fresno, Hateen, Dead Fish, Nitrominds, Dance of Days, Garotos Podres e as gringas Bambix (Holanda – não conhece? Saque o som AQUI), Typhoon Motor Dudes (Alemanha) e Bitume (Alemanha).Logo em seu segundo ano de existência, em novembro de 2005, a 350 lança seu primeiro álbum, intitulado Consciência em Prantos (gravadora Nitroala Records – especializada em punk, e que aparentemente não existe mais), e conta com 12 faixas: Ruínas, Apaga, apaga e apaga, Bruma, Carpe Diem, Inimizade, Ícaro, Noites Frias, Fim, Reverso, Risco de Vida, Sonhos e Saudade. As faixas podem ser ouvidas – e baixadas – no Soundcloud da banda (e, se gostar, recomendo que compre o disco físico. Além de valorizar o trabalho da banda, é muito mais legal ter algo físico das bandas ou artistas que a gente curte). Em agosto de 2006 foi gravado o vídeo clipe da música Carpe Diem, que participou do concurso Toshiba Planet na MTV e foi um dos vídeos mais acessados da promoção no MTV OVERDRIVE em julho de 2007.No início de 2010, nasce o segundo disco, Resposta  (lançamento independente). As faixas desse disco podem ser ouvidas também no Soundcloud. Desse trabalho, que contém 12 faixas (Resposta, Resposta (acustic), Invisível, Pra não esquecer, A Viagem, Querida Mamãe, Incerteza, Recomeço, Sem medo, Amanhã, Talvez mude, A tua, e há algumas adicionais no Soundcloud), saíram mais dois vídeo clipes, um deles com a música “No Silêncio”, exibido na MTV e que atingiu mais de 280 mil views no Youtube, destacando-se como um dos mais acessados no site do canal.O Hit “Querida Mamãe” (que abre o álbum) é atualmente a música mais ouvida da banda e também já possui um vídeo clipe (bastante criativo, diga-se. Devo dizer que a banda trabalha muito bem os seus vídeos, o que a destaca no cenário). Seu refrão já é um hino para a galera que curte ouvir música no último volume.Os últimos clipes lançados pela banda são “Distante” (com mais de  200 mil views no Youtube) e “Indiferente” (totalizando sete clipes oficiais).

Algumas das influência citadas pela banda são Incubus, Foo Fighters, Millencollin, 30 Seconds to Mars…

Bom, esse é um resumão da banda, notável por procurar construir músicas marcantes, com refrãos (ou refrães, forma também correta) ao melhor estilo “rock de arena”, pra galera pular e cantar junto, criando uma atmosfera positiva e vibrante. Não é à toa que abrirá para os Raimundos. Nas palavras da Cris: “Estamos muito felizes por tocar junto com uma das bandas de rock mais fodas do Brasil. Fomos aos shows quando ainda éramos crianças e pensávamos: ‘imagine a minha banda tocando junto com esses caras!’ Agora isso vai acontecer de verdade! E vai ser o máximo!”

Assim como praticamente todo mundo que trabalha com música em Guarapuava, os integrantes da 350ml também tem atividades paralelas à banda, mas mantém o sonho de viver da música, até para poder se dedicar exclusivamente à ela. De qualquer forma, é um grupo que tem um trabalho consistente, e que serve de modelo aos iniciantes, desde a produção musical até às formas de divulgação e criação de clips, além de outros trabalhos relacionados à área.

DISCOGRAFIA

Discos oficiais

Consciência em prantos (2005)
Resposta (2010)
O terceiro disco está programado para o início de 2015 (mantendo o padrão de um álbum de inéditas a cada 5 anos). Será devidamente divulgado aqui também, naturalmente.

Singles

Cris 2012 (é uma música que o Ricardo escreveu para a Cris, agora sua esposa)
Distante 2013
Inércia 2014

Coletâneas

Rock da Lagoa – 2003
Guarapuava Rock City I  – 2006
Guarapuava Rock City IV  – 2014
Many Minds (tributo ao Nitrominds) – 2014

A título de curiosidade, a Cris Pawlowski, guitarrista da banda, concluiu recentemente o seu Mestrado em Letras, pela Unicentro, e divulgo a dissertação aqui, pela temática apresentada, que é o rock. Mais especificamente, as mulheres no rock. O título do trabalho é “As mulheres no Rock: as identidades femininas e o sujeito pós-moderno em letras de Rita Lee, Fernanda Takai e Pitty”, e pode ser lido neste LINK.

Para conhecer melhor a banda, eis alguns links:

Canal no Youtube
Página no Facebook
SoundcloudContato de imprensa: contato@350ml.com.brPara completar, deixe eu comentar aqui que o Ricardo e a Cris, integrantes do grupo, apresentam o programa Microfonia na rádio 92 FM (nas sextas, às 23h, e domingo às 20h). O programa está no ar há quatro anos e é dedicado ao rock, apresentando bandas locais. Nas palavras do casal que apresenta o programa: “O Microfonia é um programa de rock de todos os estilos. Tocamos músicas nacionais, internacionais, os clássicos, lançamentos e abrimos espaço para que as bandas guarapuavanas de rock autoral divulguem seu trabalho”.

 

 

10440994_669645606404075_1441737890852008216_n

É isso aí, gente! Agradeço ao Ricardo e à Cris, pelas informações e fotos, e desejo sucesso sempre. Que o próximo disco venha recheado de hits pra galera não só de Gorpa, mas de todo o Brasil. 🙂