Arquivo da tag: blues

Lazaretto, novo CD de Jack White

Padrão

jw-1800-1396370178

 

Lazaretto é o título do novo trabalho solo do guitarrista Jack White. O líder da extinta banda White Stripes continua em plena forma, com um conjunto de excelentes músicas neste que é seu segundo disco solo. É um trabalho desconcertante, diversificado, muito bem tocado e arranjado, extremamente criativo, e difícil de entender na primeira audição. Há óbvios elementos de rock, blues e coutry, misturados ao experimentalismo dessa salada.

Mas indico, de cara, a quarta faixa, “Would You Fight For My Love?”, uma espécie de balada sem pieguismo. Bem a cara do White. Há uma boa dose de experimentalismo no disco, o que pode afugentar ouvidos mais acostumados aos convencionalismos fonográficos, mas que certamente agradarão mentes abertas e ensolaradas.

São 11 faixas distribuídas em menos de 40 minutos, mantendo um padrão do artista, de fazer muito em pouco tempo. De nada adianta entupir um disco de músicas mais ou menos, salvando-se duas ou três boas faixas. Jack quase sempre fez músicas curtas e discos concisos. Direto ao ponto. Parecendo saltar dos anos 70 para os nossos tempos, ele não apenas recicla o que se fazia de bom no período, mas adiciona aqui e ali um tempero mais moderno, com altíssimas doses de belas melodias e arranjos intrincados. Os clips também continuam criativos e plasticamente interessantes. As letras seguem altamente psicodélicas, combinando com o tom multicolorido e maluquete das composições e com as vocalizações já clássicas do doidão.

Lazaretto sai também em disco de vinil, luxuoso e bem trabalhado, trazendo inovações tecnológicas para o formato. É possível, por exemplo, ver uma espécie de holograma quando o disco gira. O vinil voltou com força, é item de colecionador, os audiófilos adoram, e Jack White combina muito bem com o formato, pois traz uma sonoridade “antiga”, em que pese o uso que ele faz da tecnologia, sempre a favor do som. Pessoalmente, considero-o o maior nome do rock dos anos 2000. Vale muito a audição! 🙂

P.S.: ah, e se tua ideia não é comprar o CD ou o vinil, mas bateu a curiosidade… é claro que no Youtube é possível encontrar o disco completo. ehehe,

Anúncios