Arquivo da tag: death metal

Maquinária Rock Field – o Festival está de volta!

Padrão

O

Maquinária Rock Field

Maquinária Rock Field

Um dos mais importantes festivais da cidade de GORPA está de volta, em uma edição recheada de grandes bandas. Nota-se a qualidade do evento pelo line-up apresentado!

Em uma produção da PALLCO com os DEAD COWBOYS (Motorcycle Custom Club), e levando o nome da banda que idealizou o festival – Maquinária, teremos dois dias de shows na Chácara Morada da Lua, Vale do Jordão. Os portões serão abertos às 09h do dia 14, sábado, e serão dois dias recheados de rock´n´roll e bera.

Mas vamos falar um pouco, só um pouco, de cada uma das bandas que estarão presentes.

SÁBADO, a partir das 15h

SUDARYUM

Banda guarapuavana, de rock progressivo com temática cristã

VOLTZ

FAUNO

Banda curitibana, um rock´n´roll vigoroso em português

SEGREDO ÁS

Banda guarapuavana de rock autoral, com letras em português

MÉDICOS DE CUBA

Banda de Hard Rock Alternativo, fundada em 2013, e baseada na cidade de Araucária. Também com letras em português

DISASTER BOOTS

Banda de Gorpa, com um rock´n´roll que parece saído do final dos anos 60/inócio dos 70, e vencedora do III FUCA em 2013

CORJA PUTRE

Banda curitibana formada em 2007, faz um som Hardcore / Crossover

THE EMPIRE RISE

Banda guarapuavana de Melodic Hardcore / Metal

VOMITFICATION

Death Metal direto da cidade de Dois Vizinhos

BUP ROXETIN

Banda guarapuavana surgida no último Maquinária, em processo de gravação de seu primeiro disco. Vai rolar canção nova nessa edição

EMBRIO

Banda de Thrash metal de Cascavel, formada em 2005, com um disco lançado

GOATCULT

Banda guarapuavana de Death Metal

ALVOCORE

Banda de Hardcore Melódico de São Paulo

FUTHÄRK

Banda de Folk/Death Metal, também daqui de Gorpa

TRATOR BR

Banda de Death Metal, de Bauru – SP

DOMINGO, 15h

SEM SYSTEMA

Punk Rock da nossa cidade-irmã, Irati

NAILS ON THE WALL

Rock acústico, faz covers de outras bandas (corrijam-me se estiver errado)

SUPERSTIÇÃO

Baseado na cidade de Rio Azul, faz sons próprios e covers de Coal Chambers e Brujeria

FEELING FOLK´S And Rednecks

Bluegrass guarapuavano

MYTHKING

Banda de rock/metal fundada em 2008, em Pitanga – PR

SEXPLOSE

Banda guarapuavana de Hardcore melódico

KILL AGAIN

Thrash Metal de Cascavel – PR, fundada em 2013

FUSILEER

Thrash Metal guarapuavano

BLOODSUCKER

Thrash e Heavy Metal de Prudentópolis

OPEN SCARS

Death/Metal/Grindcore guarapuavano

SILVER GRAVE

Heavy Metal Tradicional formada em meados do ano 2000 em Toledo – PR

ULTRA VIOLENT

Thrash Metal guarapuavano, alterna letras em inglês e português

DARMA KHAOS

Heavy Metal mineiro, de Uberlândia, uai!

MAQUINÁRIA

A banda que dá nome ao festival

TORTURE SQUAD

Precisa comentar??? Bom, vamos lá então… banda de Thrash/Death Metal de São Paulo, formada em 1990, que faz um som altamente técnico e veloz, e quem vem divulgando seu primeiro disco com título em português, Esquadrão de Tortura, um trabalho conceitual sobre o período em que os militares governaram o Brasil. Quem curte metal não pode perder!

 

Taí, pessoal um resumão básico sobre o que será o Carnaval da galera que curte rock´n´roll! Adquira seu ingresso (informações na imagem acima) e corra!

Anúncios

Open Scars

Padrão

Open Scars (algo como “cicatrizes abertas”, em bom português) é uma banda de Death Metal/Grindcore, baseada em Guarapuava. Fundada em janeiro de 2007, contava com Bruno no vocal, que deixou a banda no mesmo ano, definindo a formação que se mantém até hoje, como um Power Trio:

Heberson – vocalista e guitarra
Mauro – baixo
Andy – bateria

974712_652510831513979_1696262595_n

 

O DEATH METAL  é um subgênero do Heavy Metal, com raízes no Thrash Metal, porém mais agressivo. Diz a lenda que o termo “death metal” surgiu numa entrevista com a seminal banda Venom (que, diga-se, estará no Zombie Crew em Rio Negrinho-SC, dia 14 de dezembro). Há também uma coletânea lançada em 1984, intitulada “Death Metal”. No mesmo ano, um EP com este nome é lançado pela banda Possessed. Mas foi em 1986 que o estilo mostrou que veio para ficar. O lançamento do visceral “Reign in Blood”, do Slayer, abriu de vez as portas do inferno. Embora seja uma banda comumente considerada Thrash, o referido disco traz muitas referências que seriam largamente utilizadas pelas bandas Death a partir de então. A Open Scars também pode ser considerada Brutal Death Metal, subgênero considerado o mais extremo da música, de forma geral. Já o Grindcore é um estilo que nasceu anarco-punk, subdividindo-se em outros subgêneros com o tempo. O interessante é que o grind nasceu em São Paulo, espalhando-se posteriormente pelo mundo. Enfim, já dizia o guitarrista mexicano Santana: “tudo é música”.

As influências musicais citadas pela Open Scars são o Blues, Rock Clássico, Punk, Hardcore e Metal em todas as suas vertentes.

Em 2008, o grupo lançou um Demo com 3 faixas, o que abriu as portas para shows pela City, mas também em outras cidades, como Cascavel, Foz, Curitiba e as catarinenses Lajes e Maravilha, além do nosso querido Paraguai. O início da história foi esse, mas a banda acabou tendo um lapso de 5 anos em suas atividades – compromissos pessoais… trabalhos, estudos… enfim, a vida louca e corrida nossa de cada dia. No início de 2013, após conversas, o trio decidiu voltar à ativa (“tâmo aí na atividade!”). Uma motivação foi o questionamento de pessoas quanto ao término da banda. Sentindo que há público para o seu som, foi um pulo para o retorno. O grupo começou a ensaiar, já pensando em lançar um novo material. Com a boa fluência dos ensaios, nasce o EP “Holy Corruption” , gravado por Luiz Carlos hoffmam, da Cursed Records, que deu todo o suporte para a gravação e lançamento da bolacha.

10736118_652510438180685_1566590649_n

 

É possível comprar o EP com os integrantes do grupo. O Heberson trabalha em uma serigrafia na Rua Antônio Rebouças, 1921, no bairro Batel. O EP custa apenas 10 pilas. Dê uma chegada lá para encher o saco dele, e aproveite pra levar o disco!

A temática do EP é tipicamente death metal: contestação às religiões, na forma de se manipular, agredir e abusar das pessoas, por ganância.Eis a sequência de faixas:
1 – Intro…
2 – Religious Death
3 – Stench of Greed
4 – I Shit For Religion
5 – Faith Perverse
6 – Holy Corruption

Abaixo, cartazes de alguns dos eventos em que a banda marcou presença!

 

10711443_649946241770438_2025570713_n 10715689_649946851770377_1186531259_n 10723081_649946421770420_943020198_n 10723301_649947338436995_221541601_n 10726513_649946315103764_757227839_n  10743221_649946495103746_279538177_n 10743261_649946721770390_1568761987_n

 

10736198_649946605103735_989654155_n

 

Entre em contato com a banda nos links abaixo:

Página no Facebook
Soundcloud

 

10733540_652510531514009_1380592720_n

 

Agradecimentos ao Heberson pelo material enviado e pelas conversas! 😀

 

Inception – honra ao metal negro!

Padrão

É, Gorpa também tem bandas de black/death metal, e uma delas, das mais relevantes, é a INCEPTION. Relevante não só musicalmente, mas também pela iniciativa de promover um festival anual, como o Apocalipse, cuja terceira edição ocorreu no mês de setembro, no Guarapuava Esporte Clube.

A banda foi formada em 2010, pelos irmãos Lucas Remes, por Sebastião Fernandes, o Sebá (atual guitarrista também de outra banda do estilo, o Immortal Flame), e pelo batera Paulo Roberto. Algumas semanas depois, foram recrutados André Alexandre para o baixo e Alesandro Rubilar no vocal. Mais tarde, André Alexandre foi substituído por Lucas Fernandes (irmão do Sebá), que segue até hoje como membro da banda. A formação atual, em ordem alfabética, é:

Alesandro Rubilar (vocal)
Lucas Fernandes (baixo)
Lucas Remes (guitarrista)
Paulo Roberto (baterista)
Sebastião Fernandes (guitarrista)

Com essa formação acima, a Inception lançou sua primeira demo no início de 2014, intitulada “The Lament of the Cross” (pode ser adquirido no Armazém do Rock). O som é basicamente black metal, com um tanto de death e um pouco de thrash, com letras que retratam a hipocrisia de nossos tempos, a alienação causada pelas religiões e pela política. Enfim, temas atuais e que não morrem nunca, ainda mais num país tão fortemente pautado por grupos religiosos e com uma política tão distanciada da população.

 

Inception Horda

Inception Horda

 

A Inception é uma das duas bandas guarapuavanas presentes em um grande festival de metal extremo, a Zoombie Ritual, que será realizado entre os dias 11 e 14 de dezembro, em Rio Negrinho (SC). A Inception toca no primeiro dia, abrindo o evento, que é o dia de bandas clássicas como a alemã Destruction e a americana Whiplash. A Fusileer, outra banda de Gorpa, toca no dia 12. O festival ainda conta com Carcass, Brujeria e Venom, dentro outros monstros do metal mais macabro do planeta.

10353629_386022691545043_2409029865678533563_n

Para entrar em contato com a banda:

Perfil no Facebook
E-mail: inceptionhorda@gmail.com

Se você ainda não conhece a Inception Horda (como normalmente são chamados, com Horda no sentido de “banda”), clique AQUI para acessar o canal no Youtube. Atualmente, são sete vídeos, com músicas de estúdio, ao vivo e gravações.

Agradeço aos dois Lucas pelas informações e pela boa vontade! 🙂