Arquivo da tag: Onslaught

ONSLAUGHT, ARTILLERY, MAQUINÁRIA # Cancelado#

Padrão

Bom, pessoal, o evento foi cancelado por questões logísticas relacionadas às próprias bandas, mas vou manter os textos sobre o Onslaught e a Artillery, pois vale a pena conhecer. Muita gente não teve oportunidade de ouvir esses sons, então fica aí o texto com dicas de “audição” e tudo o mais. 🙂

 

Buenas, galera! Dia 28 de novembro, no CTG Fogo de Chão, a partir das 21h, teremos ONSLAUGHT, ARTILLERY E MAQUINÁRIA quebrando tudo em Gorpa!

 

Aproveitando a vinda das bandas estrangeiras Artillery e Onslaught, vamos fazer uma pequena revisão histórica aqui, para relembrar os fãs dos dois grupos, e para fazer conhecer àqueles que ainda não tiveram oportunidade de se deparar com a sonzeira thrash dos dinamarqueses do Artillery e dos britânicos do Onslaught. Ambas surgiram mais ou menos no mesmo período (1982/83, na gênese do Thrash Metal) e, em comum, se dispersaram em algum momento, voltando anos depois.

Comecemos pelo quinteto vindo da Dinamarca, ARTILLERY. A banda renasceu duas vezes e já teve diversas formações. Relegada ao segundo escalão do Thrash, nunca teve o merecido reconhecimento, embora baste ouvir os discos para perceber o tamanho da injustiça.

Formada pelo guitarrista Jørgen Sandau e pelo baterista Carsten Nielsen em 1982, foi com a chegada do vocalista  Per Willem Onink e dos irmãos Michael e Morten Stützer (guitarra e baixo, respectivamente) que a banda tomou corpo. Ainda naquele ano, gravam a demo “We Are Dead” (lançada em 83) e de lá para cá, são 8 álbuns de estúdio, além de compactos, demos e compilações.

A banda lançou três discos considerados clássicos: Fear of Tomorrow (1985), Terror Squad (1987) e By Inheritance (1990) antes de encerrar suas atividades. Após um lapso de oito anos, voltam à ativa, agora com os irmãos Stützer nas guitarras, consagrados pelos seus riffs característicos e timbres únicos. O grupo se desfez novamente em 2000, voltando em 2007, com baixa atividade, mas firme na ativa desde 2009, agora de forma mais consistente.

Além dos brothers, a formação atual ainda conta com Josua Madsen (bateria), Peter Thorslund (baixo) e o versátil vocalista Michael Bastholm Dahl. Eis o vídeo oficial da música “Legions“, do mais recente trabalho da banda, o homônimo Legions (2013).

AX0907144_ARTILLERY_Fear_of_tomorrow_HD

 

Outra banda com um som pesado é a ONSLAUGHT. Formada em 1983, na cidade de Bristol, Reino Unido, chegou a lançar 3 discos nos anos 80: Power from Hell (1985), The Force (86) e In Search of Sanity (89). De tanto procurar, encontraram a sanidade perdida e ficaram um bom tempo sem ela, mas para felicidade dos fãs dos riffs do Thrash, o grupo recuperou a demência com um novo disco em 2007. De lá para cá, a banda lançou mais dois discos, e tem hoje a seguinte formação:

  • Sy Keeler – vocal
  • Nige Rockett – guitarra
  • Andy Rosser-Davies – guitarra
  • Jeff Williams – baixo
  • Mic Hourihan – bateria
  • Leigh Chambers – guitarra

Onslaught+band

 

A abertura do evento ficaria por conta da nossa guarapuavana MAQUINÁRIA, banda fundada em 1989, e que conta hoje com Osni, único membro original,  na guitarra e vocal, Adriano no baixo e Júnior na bateria. Tem vídeos no Youtube, mas você pode ouvir duas das músicas no Soundcloud. Recomendo ainda o divertido clip feito para a música “Conversa Fiada”, com participação de Alex Ferrera, da Sexplose, e direção e produção de Ricardo Kuster, Cris Pawlowski e Marcelo Augusto. Clique AQUI.

Anúncios