Arquivo da tag: Zombie Crew

III Apocalipse Metal

Padrão

Rolou, no sábado 20 de setembro, o 3º Apocalipse Metal, trazendo sete bandas absolutamente insanas e pesadas ao Clube Guarapuava.

Eu vi apenas as 4 primeiras. A clássica Maquinária abriu os trabalhos, com um metal um pouco mais “light” (comparando com as bandas que viriam na sequência), na definição dos próprios membros durante o “ataque”.

Maquinária

Maquinária

A segunda banda da noite foi a Immortal Flame, de Death Metal, com uma pegada constante e muito boa. O público, enquanto isso, só na cerva e na coca (cola, bem entendido). Estamos tendo uma boa quantidade de eventos roqueiros na cidade em 2014, e isso é ótimo. Por outro lado, pulveriza um pouco  o público, que não dá conta de participar de tudo. Particularmente, pensei que teríamos mais gente no Apocalipse. Pelo menos os que foram agitaram bastante!

Immortal Flame

Immortal Flame

A galera acordou pra valer com a entrada da terceira banda, a Zombie Crew, de Toledo. Com membros carismáticos chamando a plateia, a bateção de cabeça comeu solta ao som do thrash toledano. Puta sonzeira!

Zombie Crew em ação, em outra noite

Zombie Crew em ação, em outra noite

A seguir, tivemos a caseira Ultraviolent, banda sedimentada na cena local. Um power trio fazendo um thrash violento, com letras em português e inglês, e com direito a baterista tocando com uma máscara de cavalo. A galera pirou tanto que o grupo foi “obrigado” a tocar mais uma no final. Pegada muito boa!

Rafael Pelete, em foto de Toni Fotografia

Rafael Pelete, em foto de Toni Fotografia

Posto mais algumas fotos aqui quando tiver da noite do show mesmo.

Infelizmente não fiquei para assistir as demais bandas. Quem quiser comentar algo sobre o que rolou depois, fique à vontade. No geral, tudo muito tranquilo. O local foi adequado para a quantidade de gente que foi. Só achei que o som podia estar mais potente. Tudo bem que sou meio surdo, mas… quanto mais alto, melhor! ehe. Que venha o próximo evento apocalíptico!

Fui com a Daniele, minha esposa, que não é fã de metal, mas curtiu os sons. Só ficou meio assustada com o público ahaha. 🙂

Eu e Daniele (esposa)

Anúncios